Skip to content

Review de Once Burned – Night Prince

10/04/2012

Eu demoro, mas eu faço!  Finalmente a review do Once Burned, o primeiro livro da série Night Prince da Jeaniene Frost.  Em outras palavras, o livro do Vlad!

Eu amei esse livro!!!  Ele lembra muito o começo da série Night Huntress e tudo que incitou minha paixão pela série!  O que é claro que faz sentido, já que é o começo de outra série, outro casal e tudo mais.  Mas o que me cativou foi justamente o modo que a história é contada.  Quando você livros mais novos de Night Huntress, é fácil esquecer a mágica que a Jeaniene cria com novos personagens e começos.  É claro que nesses livros exite outro tipo de mágica, mas foi muito gostoso esse senso de nostalgia que o Once Burned levantou.

A história é muito legal!  Um dos pontos que eu mais gostei foi dela se passar na Romênia.  Faz sentido, já que estamos falando de Vlad, e foi muito legal ver como a cultura européia foi retratada.

O que falar do Vlad? ahh o Vlad… acho que é um consenso geral que todas nós apaixonaríamos por ele certo?  Todas as mulheres já sabiam disso né?  É claro que ele é mais duro e estóico do que o Bones, por exemplo, mas ele tem um charme todo especial.

Para comprar o livro clique aqui.

Descrição:

She’s a mortal with dark powers…

After a tragic accident scarred her body and destroyed her dreams, Leila never imagined that the worst was still to come: terrifying powers that let her channel electricity and learn a person’s darkest secrets through a single touch. Leila is doomed to a life of solitude…until creatures of the night kidnap her, forcing her to reach out with a telepathic distress call to the world’s most infamous vampire…

He’s the Prince of Night…

Vlad Tepesh inspired the greatest vampire legend of all—but whatever you do, don’t call him Dracula. Vlad’s ability to control fire makes him one of the most feared vampires in existence, but his enemies have found a new weapon against him – a beautiful mortal with powers to match his own. When Vlad and Leila meet, however, passion ignites between them, threatening to consume them both. It will take everything that they are to stop an enemy intent on bringing them down in flames.

Tradução livre:

Ela é uma mortal com poderes obscuros…

Depois que um trágico acidente marcou o seu corpo e destruiu os seus sonhos, Leila nunca imaginou que o pior estava para acontecer: poderes aterrorizantes que a deixam canalizar eletricidade e aprender os segredos mais obscuros de uma pessoa através de um único toque. Leila está condenada à uma vida de solidão… até que criaturas da noite a sequestram, forçando-a a enviar uma chamada de problema telepático para o vampiro mais infame do mundo…

Ele é o Príncipe da Noite…

Vlad Tepesh inpirou a maior lenda de vampiros de todas – mas o que for que você faça, não o chame de Dracula. A habilidade do Vlad de controlar fogo faz dele o vampiro mais temido em existência, mas seus inimigos acharam uma nova arma contra ele – uma linda mortal com poderes que correspondem aos dele próprio. Quando Vlad e Leila se conhecem, entretanto, uma paixão inflama entre eles, ameaçando consumir ambos. Será necessário tudo que eles são para parar um inimigo intento em derrubá-los em chamas.

A parte do freak show fmostrou que os vampiros também procuram disfarces inusitados.  Foi muito interessante ver que o Marty se revelou para a Leila como vampiro e deu até dicas sobre como lidar com vampiros.  É algo que faz sentido, os vampiros procurarem ficar com pessoas incomuns e ganhar a vida usando as suas habilidades vampirescas, como no caso do Marty, a força sobrenatural.

A Leila para mim foi um pouco sem sal.  Ela é legal e tudo mais, mas eu não sinto que ela é de fato badass… ela simplesmente teve uma vida dura e está cansada, às vezes até demais para sequer lutar contra algumas coisas, como o sequestro no começo do livro.  Após ela conhecer o Vlad é que ela fica menos conformada e aí sim ela começa a lutar mais, correr atrás do que quer.

A arrogância do Vlad ao prever que a Leila iria quere-lo e até oferecer a chance de sair com ela para todos da casa foi muito divertido!  Porque vamos combinar que é claro que ela iria ficar com ele, mas eu me diverti muito vendo ela lutar contra isso.

Uma das coisas que eu gosto da Jeaniene é que ela não poupa os personagens.  Eles são torturados mesmo, não tem aquela de só ameaçar a tortura e minutos antes do vilão sequer encostar um dedo no personagem alguém aparece e salva o dia.  Não, eles são torturados mesmo e eles que tem que se salvar, como aconteceu com a Leila no estábulo.  Ela se salvou e ainda salvou o amigo.  Essa força dos personagens é algo que eu admiro muito nas histórias dessas séries (Night Huntress, Night Huntress World, e agora Night Prince).  Eles raramentes esperam que alguém vá salvá-los, e eles se viram.  Se viram com o que tem geralmente.  É claro que em praticamente todas as vezes isso envolve alguém poder sobrenatural e só confirma o quanto o personagem é importante para a trama.

É muito comum nós acharmos que a vida toda do personagem é espetacular e que todas as pessoas com quem eles se relacionam são mega poderosas, mas se fosse pra contar as partes que as pessoas normais aparecem em dias normais os livros não teriam graça não é mesmo? E ainda que em Once Burned o menino que a Leila fez amizade até que teve um certo destaque, antes dele morrer, mas teve!

Na verdade o livro abriu meu apetite para o que mais vai vir da série e eu achei o máximo no final que o Vlad não se declara para a Leila.  Não é de fato um final.  Uma coisa que sempre me espantou no Bones foi o quão rápido ele se apaixonou pela Cat e se declarou e I love you pra cá e I love you pra lá.  O Vlad não!  E eu sinto que vai demorar muito para sequer a palavra “love” sair da boca dele, quanto mais seguida de pronomes.  E isso é muito interessante porque faz com que os leitores queiram ainda mais ouvir a promessa e nós acabamos torcendo para o relacionamento.  E condiz completamente com a personalidade do famoso vampiro.

Eu honestamente gostei muito mais do livro do que eu esperava.  Ele é um clássico da Jeaniene, com muita ação, muito sangue, algumas cenas românticas, algumas cenas hot (nos dois sentidos da palavra), E nós temos uma heroína cativante, um herói misterioso e o cenário mais legal até agora de todos os livros dela.  É muito gostoso aprender mais sobre a releitura dela do Dracula e ele é exatamente como eu penso que um ser tão antigo e que sofreu tanto na vida deveria ser.  Leitura obrigatória para todos os fãs de vampiros, pois essa é uma história que além de prender o leitor ao livro, ainda pode trazer muito mais emoção nos próximos volumes.

3 Comentários leave one →
  1. .:Little.Crazy.Dhampir:. permalink
    10/04/2012 12:00 PM

    Eu não li a review, mas quando eu vi no twitter o anúncio do post, chegou a me dar um aperto no coração, uma mistura de culpa com angústia. Eu preciso voltar para os meus livros logo!! I miss my vampires =/

  2. Bárbara permalink
    10/07/2012 11:13 PM

    Eu adorei o livro!! Eu esperava mais da Leila, mas mesmo assim eu gostei do jeito que ela agia com o Vlad, e apesar dele ser arrogante e tudo mais, eu gostei do jeito dele se preocupar com o povo dele e com a Leila. E apesar dele não falar que ama ela, ele da meio que indiretas, mas eu queria mesmo é que ele falasse isso. Mas o que,as vezes, eu queria era que o Vlad narrando algumas partes, só para saber o que passava na cabeça dele hahaha. Mesmo assim eu adorei o livro e agora é esperar o próximo.🙂

  3. .:Little.Crazy.Dhampir:. permalink
    01/16/2013 11:18 PM

    Finalmente consegui ler o livro e simplesmente amei!! O Vlad é tudo de bom com a postura de durão e autoconfiante dele. Achei que ele logo se apaixonaria pela Leila e declaria o amor por ela, mas fiquei feliz que isso não aconteceu. Adoro ser surpreendida pelos livros e foi isso que encontrei em Once Burned! Fiquei na expectativa de que surgisse alguma pista do motivo do Vlad e do Bones se odiarem tanto, mas ainda tem outros livros que poderão contar essa história. Para o primeiro livro da série tá de bom tamanho conhecer o começo da história de um casal que promete nos dar vários motivos para devorar os próximos livros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: