Skip to content

Review Lothaire – IAD

02/07/2012

Lothaire é um daqueles livros que você começa a ler e não consegue parar mais, seja porque você quer saber o que vai acontecer a seguir ou porque Lothaire é tão instigante que você quer conhecer cada vez mais como funciona esse misterioso vampiro de olhos vermelhos. Além de contar a origem da fama de mau que ele tem, o livro mostra um lado diferente deste temido vampiro que precisa lidar com o fato de que sua parceira predestinada possa ser humana. Aqui entra Ellie, uma simpática e durona moça que tem como principal habilidade tirar o Lothaire do sério. A interação dos dois é fantástica e muitas vezes cômica, tornando um dos pontos chave do livro. A relação de Lothaire com Nïx também é abordada, revelando uma história que surpreende e encanta ao mesmo tempo. Vale a pena conferir!

Esse livro é um tanto quanto ao contrário, porque quando a história começa, nós já perdemos de fato o começo dela, que é quando o Lothaire de fato conhece a Ellie/Saroya e o seu coração bate pela primeira vez em mil anos.   Porém isso não subtrai da experiência que é pela primeira vez ler como o Lothaire pensa e quais seus motivos para fazer tudo que ele de fato faz.

O Enemy of Old é exatamente como eu imaginei que eu seria quando ele quer ser cruel, mas o seu lado vulnerável, é bem diferente de como eu pensava que seria.  Essa não é uma história de heróis, e sim de um vilão cativante.  O seu final feliz é feliz para ele e sua bride, mas não necessariamente para o resto dos personagens da Lore que nós conhecemos e adoramos em Immortals After Dark.  É exatamente aí que a Kresley Cole consequiu tornar este livro único.  É claro que tudo se encaixa em no grande esquema da accession, mas mesmo assim ela não tornou tudo óbvio e bonitinho, o que não tem nada a ver com o vampiro.

Uma das partes mais divertidas para mim foi aprender mais de alguns personagens que nós já vimos muito durante a história, e que esse livro nos faz perceber que tem muito eles que nós não sabíamos!

Descrição:

#1 New York Times bestselling author Kresley Cole continues her electrifying Immortals After Dark series with this thrilling tale, revealing secrets of the Lore, fierce realm of the immortals. . . .

ALL FEAR THE ENEMY OF OLD

Driven by his insatiable need for revenge, Lothaire, the Lore’s most ruthless vampire, plots to seize the Horde’s crown. But bloodlust and torture have left him on the brink of madness—until he finds Elizabeth Peirce, the key to his victory. He captures the unique young mortal, intending to offer up her very soul in exchange for power, yet Elizabeth soothes his tormented mind and awakens within him emotions Lothaire believed he could no longer experience.

A DEADLY FORCE DWELLS WITHIN HER

Growing up in desperate poverty, Ellie Peirce yearned for a better life, never imagining she’d be convicted of murder—or that an evil immortal would abduct her from death row. But Lothaire is no savior, as he himself plans to sacrifice Ellie in one month’s time. And yet the vampire seems to ache for her touch, showering her with wealth and sexual pleasure. In a bid to save her soul, Ellie surrenders her body to the wicked vampire, while vowing to protect her heart.

CENTURIES OF COLD INDIFFERENCE SHATTERED

Elizabeth tempts Lothaire beyond reason, as only his fated mate could. As the month draws to a close, he must choose between a millennia-old blood vendetta and his irresistible prisoner. Will Lothaire succumb to the miseries of his past . . . or risk everything for a future with her?

Trailer:

Para comprar o livro em pré-venda clique aqui.

Clique aqui para ler o excerpt.

Link aqui para uma entrevista com a Kresley falando do Lothaire.

Lothaire ganhou meu coração. E o mais engraçado é que eu já sabia que isso iria acontecer antes de o livro sair. Na minha opinião, Lothaire é diferente de todos os vampiros da série por ter seguido o caminho do mau desde o início. É diferente do Sebastian, um vampiro que também estava nos limites de perder a sanidade, esse comportamento de beber diretamente da fonte vem de anos e anos a fio e os motivos que o levaram a tomar esse caminho foram bastante dolorosos. A ira, a revolta e o sentimento de vingança cultivados por todo sua vida fazem dele um ser único que casa perfeitamente com o comportamento dele no livro, barganhando interesses sem escrúpulo algum, matando e fazendo inimigos sem medo do que lhe pode acontecer.

Da uma peninha dele por tudo que ele passou sendo enterrado vivo pelo próprio pai por tanto tempo ou por ter ouvido a própria mãe ser violentada e morta sem poder fazer nada, mas foi essa dureza da vida que acabou fazendo dele o que ele é.

Claro que, como de praxe, era de se esperar que uma mulher seria o motivo do amolecimento desse maltratado coração, mas o que eu mais gostei foi que Lothaire não perdeu sua essência de mau mesmo apaixonado. Acho que de todos os personagens masculinos ele foi o que mais conseguiu ser cruel com sua amada. Tudo bem que no começo ele tava negando que a Ellie era sua noiva e por isso a tratava mal, mas mesmo com a Saroya ele era meio bruto.   Aos trancos e barrancos a Ellie conseguiu dar uma polida no “vampiro das cavernas” e fazê-lo agir de forma mais carinhosa e todo esse processo garantiu conversas muitas vezes divertidas, principalmente porque a Ellie aprendeu a não ter medo dele, o que o desconcertava profundamente. E ver um vampiro antigo, cheio de si e acostumado a ter todos fazendo tudo o que ele manda ser desafiado por uma humana sem muitos recursos é engraçado. A aversão do Lothaire à pobreza e a todo tipo de muvuca envolvendo muita gente é outra característica excêntrica dele. Não adianta. Lothaire tem classe e de certas regalias ele não abre mão! A parte que ele salva os parentes da Ellie no desmoronamento da mina foi hilário; ele querendo sair do trailer o mais rápido possível porque queria o conforto do castelo dele.

Apesar de tudo isso, lá no fundinho ele tem um coraçãozinho que de vez em quando se abre e deixa transparecer sentimentos que eu pensei que ele não era capaz de vivenciar, como a genuína amizade dele com a Nïx. Não sei dizer se esse seria o termo certo para defini-la, porém é certo que há uma cumplicidade entre os dois que o tempo não é capaz de apagar. Sinceramente, eu não me importaria de ler um conto com mais um pouco da história dos dois. Adorei os dois lavando roupa suja na tentativa de solucionar mal entendidos do passado, o Lothaire chamando ela de Phenïx e ela pedindo pro Lothaire ficar com ela até ela pegar no sono (arrisco-me a dizer que foi um dos momentos onde ela ficou mais tempo lúcida até agora). No entanto, o estado dela ta me deixando preocupada, porque pelos olhos dos outros ela não parecia muito bem. Quero o livro dela logoooo!

E como não poderia ser diferente, uma revelação no final do livro mostra que ainda temos muita coisa pela frente. O Kristoff é irmão do Lothaire!! Eu to com medo de estar fazendo alarde por algo que já havia sido revelado antes, mas eu não me lembro de ter lido sobre a ligação entre os dois. Enfim, o que será que vai acontecer daqui para frente? Será que o Lothaire vai continuar aprontando? A Emma e o Kristoff estão mesmo correndo risco de serem assassinados? Que medo!! E será que vão conseguir encontrar a Furie? Já tá mais do que na hora de acharem ela né? A coitada já se afogou o suficiente.

Outro assunto que não foi muito explorado mas que chamou minha atenção foi que o comandante Webb é outro que vai entrar pra turma dos sobrenaturais né? De acordo com Lothaire, o dito “pai” do Chase bebeu o sangue de uma criatura poderosa e nem o super vampiro sabe ao certo no que Webb vai se transformar. Mistérios…

Enfim, Lothaire é uma leitura gostosa e fluente, que conquista e envolve quem já é fã de Immortals After Dark. É incrível como mesmo depois de tantos livros, IAD continua conquistando com seus personagens. Entrar na cabeça do vampiro mais temido por todos é uma viagem que não tem preço, então conheça a história deste ser misterioso e assustador. Mas lembre-se que quem não está com ele, está contra ele. De que lado você quer ficar? Leia e descubra!

Anúncios
8 Comentários leave one →
  1. 02/08/2012 12:01 PM

    Adoro esta série.
    Será que existe possibilidade de ser publicada no Brasil?

  2. Maira permalink
    02/12/2012 2:43 AM

    Eu achei ele muito engraçado…

    “Didn’t I do you when you were pretty?” hauhsuahsua

    PS: o Sebastian era o irmão inteligente que não bebeu sangue direto de pessoas, Conrad Wroth que era o irmão com olho vermelho que tava ficando louco.

  3. Nadia permalink
    02/13/2012 1:11 PM

    Fique com vontade de ler esse livro, estou cansada de personagens que são isso e aquilo mas na realidade são umas manteiga derretida aff, o unico personagem q não me decepcionou nesse ponto foi Jericho Barrons da série Fever.

  4. Adriana permalink
    02/18/2012 9:33 PM

    Puxa, será que alguma editora daqui vai lançar a série? Elas perdem muitos nichos não lançando este tipo de série aqui, e ainda reclamam quando o povo vai atrás de cópias pra baixar, já que entre a população brasileira aqueles que sabem ler em inglês e comprar livros importados ainda é minoria…
    Obs: Que homem lindo este da capa, como certeza é um chamariz para as incautas… kkkkkkkk

  5. DALVA permalink
    02/27/2012 11:15 AM

    Nossa estou louca pra ler este livro ainda mais com seus comenários sobre ele.
    Já li todos os outros e estou aguardando este, será que vc o tem em ingles para me mandar? Estou sempre dando uma passadinha por aqui, parabéns pelo site esta sempre nos deixando atualizadas sobre os livros e outros, valeuuuu….. bjs.

  6. CHARLANE ALMEIDA permalink
    03/13/2012 11:00 PM

    ACHEI O LIVRO MARAVILHOSO, ESPERO QUE SEJA LANÇADO LOGO NO BRASIL… NÃO SEI, MAS ACHO QUE A FURIE PODERIA SER UMA EVENTUAL NOIVA DO KRISTOFF, POIS TEM UMA HORA QUE O LOTHAIRE DIZ PARA A NIX:”VC SABE QUEM É O COMPANHEIRO DELA”, ENTÃO, FICA A CERTEZA QUE É ALGUÉM K JÁ APARECEU…

  7. Sucker For Vampires permalink*
    03/15/2012 3:14 PM

    Mas a Kresley Cole já disse que a Furie é a bride do Kristoff… tá lá nos foruns!

  8. Melphs permalink
    04/19/2012 1:00 PM

    Ok, provavelmente sou a única pessoa que não curtiu esse livro! x’3 ~ Tipo, não é que a história em si seja ruim, mas eu esperava bem mais da companheira do Lothaire! i_i ~ De qualquer forma adorei saber sobre o passado dele e sobre sua família – especialmente sobre os Darci<3! Ah, e o Kristoff! Não vejo a hora da Kresley escrever a história dele com a Furie, especialmente porque sinto que cabeças irão rolar! \@_@/ ~ (…ao menos Furie não parece ser o tipo de mulher que perdoa facilmente, e levando em consideração que o tio e o irmão do Kristoffe foram os responsáveis por sua captura, não acho que ele vá cair em sua boa graça facilmente…). Outro casalzinho que estou louca para saber mais é a Melanthe e o Thronos, mas levando em consideração a quatidade de projetos que a Kresley Cole já tem para esse ano acho muuuito pouco provável que mais um livro de "Immortals After Dark" saia! ;__; ~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: