Skip to content

Review do Deeper Than Midnight – MB

09/05/2011

Esse livro para mim foi o mais romântico de toda a série, e eu nunca imaginei que fosse dizer isso do livro do Hunter.  Justamente por ele ser tão frio e a Corinne tem sofrido tanto eu nunca pensei que seria tão fácil para eles se acharem e se conectarem do jeito que foi.  É claro que não foi tão fácil, mas o que eu quero dizer é que deveria ser muito mais complicado.  No final das contas para mim foi puramente o coração dos dois que se provaram mais fortes que o passado.

Algo que me deixou muito feliz lendo o Deeper Than Midnight foi que ele se passa fora do compound.  O último livro foi basicamente só na mansão e sua extensa área subterrânea, e eu senti que este livro foi preencher algo muito necessário a série: ação fora do mundo da Order.  Não me entendam mal, eu adorei ver o dia a dia de todos, mas é necessário balancear, e para mim o livro do Hunter foi muito bom para isso também.

Apesar de seguir a linha da série o Deeper mudou várias coisas.  Sutilmente alguns pontos o tornam um livro único e o casal principal tem uma história muito linda e emocionante.  E vários pontos da história agradam e mudam um pouco o ritmo da série.  Com cada livro que é lançado nós chegamos mais perto do Dragos e seus planos, e cada vez mais eu me surpreendo com esse vilão, mas a história de como cada casal encontrou a felicidade e uma vida apesar dos obstáculos é o que realmente fazem dessa série algo fantástico.   E com este livro em especial essa característica da série fica ainda mais em evidência, pois ele trata bastante sobre família.

Falando em Dragos, ele tá cada vez pior e nesse livro vemos uma nova faceta maléfica dele.  Eu geralmente gosto de vilões, no sentido que eu consigo entender os motivos por trás das ações deles, mas o Dragos realmente me tira do sério!!!  Agora tudo tá ainda mais complicado e difícil e eu fiquei com MUITO ódio no meu coração por causa de uma coisa que ele fez no final do livro.

Para comprar o livro clique aqui.

Descrição:

Delivered from the darkness, a woman finds herself plunged into a passion that is DEEPER THAN MIDNIGHT . . .

At eighteen, Corinne Bishop was a beautiful, spirited young woman living a life of privilege as the adopted daughter of a wealthy family. Her world was changed in an instant when she was stolen away and held prisoner by the malevolent vampire Dragos. After many years of captivity and torment, Corinne is rescued by the Order, a cadre of vampire warriors embroiled in a war against Dragos and his followers. Her innocence taken, Corinne has lost a piece of her heart as well–the one thing that gave her hope during her imprisonment, and the only thing that matters to her now that she is free.

Assigned to safeguard Corinne on her trip home is a formidable golden-eyed Breed male called Hunter. Once Dragos’s most deadly assassin, Hunter now works for the Order, and he’s hell-bent on making Dragos pay for his manifold sins. Bonded to Corinne by their mutual desire, Hunter will have to decide how far he’ll go to end Dragos’s reign of evil–even if carrying out his mission means shattering Corinne’s tender heart.

Tradução livre:

Entregue das trevas, uma mulher se encontra imersa em uma paixão que é mais profunda que a meia-noite…

Com 18 anos, Corinne Bishop era uma linda, espirituosa jovem mulher vivendo uma vida de privilégio como a filha adotiva de uma rica família. Seu mundo mudou em um instante quando ela foi roubada e aprisionada pelo vampiro malevolente Dragos. Depois de muitos anos de cativeiro e tormento, Corinne é resgatada pela Order, um grupo de vampiros guerreiros envolvidos em uma guerra contra Dragos e seus seguidores. Com a sua inocência tomada, Corinne perdeu um pedaço do seu coração também – a única coisa que lhe deu esperança durante o seu aprisionamento, e a única coisa que lhe importa agora que ela está livre.

Assinado para guardar Corinne em sua viagem para casa está um formidável macho da Breed de olhos dourados chamado Hunter. Uma vez o mais fatal assassino de Dragos, Hunter agora trabalha para a Order, e ele está mais do que decidido em fazer Dragos pagar pelos seus vários pecados. Ligado a Corinne pelo seu desejo mútuo, Hunter terá que decidir quão longe ele irá para acabar com o reino do mal do Dragos – mesmo que continuar com a sua missão signifique despedaçar o coração sensível de Corinne.

Eu adorei ler a parte do Lucan e da Gabrielle no começo!  Me deixou com vontade de reler o primeiro livro!  E foi legal também porque o livro inteiro passa praticamente fora do compound, então foi legal ver essa parte com o resto da Order.  Na verdade todas as partes que apareceram os outros integrantes da Order foram muito bem vindas justamente para que nós tenhamos essa visão de como anda a vida dos outros vampiros e suas mates.

Todas as partes do Chase me irritaram!  Ele me irrita!  Grrr vampiro chato que não para de fazer coisa errada!  Quando ele faz algo que presta e acha o Murdoch também foi legal, mas ele consegue estragar tudo com a sua chatice. Eu sinto que ou eu vou amar e mudar completamente de idéia sobre ele, ou eu vou odiar completamente o livro dele.  Apesar que a Tavia parece ser bem legal e eu tenho certeza que ela vai ser a Breedmate dele!

O Hunter fascinado pela Corinne desde o princípio foi para explicar a visão, mas eu acredito que foi também um pouco a mais que isso.  Ela passou por tudo que a própria mãe dele passou.  Ela conhece o mal do Dragos em primeira mão, assim como o Hunter, então é claro que você vai se sentir atraído por alguém que tem algo em comum, por pior que este algo seja.  Mas uma coisa me deixou intrigada, eu sempre achei que a visão que ele viu nos olhos da Mira foi a do final do livro da Renata e do Niko e que lhe deu força dele se libertar do Dragos.

Sem contar que eles foram para New Orleans!  E todos nós amamos New Orleans não?  Aliás, foi uma ótima idéia da Lara colocar a Corinne em New Orleans, com toda a sua paixão por Jazz, e o Hunter calculando riscos na cidade!  Mas quando ele finalmente percebe o quanto não só a cidade, mas a própria Breedmate e as emoções são boas e finalmente decide se entregar para o que ele queria foi muito lindo!  Eu gostei tanto da cena que ele beijou ela pela primeira vez!!!!  Porque traduz tão bem a relação dos dois.  Ela com medo e ele também, mas ambos atraídos pela alma um do outro, pelas qualidades que estão escondidas.  E com certeza combina com a cidade e toda a magia.  Também casou muito bem com a habilidade do Hunter de ler as memórias do sangue!  Tem algo mais vampiresco sobre esse poder do que todos os outros.  Talvez porque é relacionado com sangue e é necessário de fato beber o sangue da vítima para acessar as memórias, mas eu adorei esse poder justamente porque é algo que qualquer vampiro “normal” teria descoberto e vivido com isso a vida inteira.  Porém no caso do nosso protagonista é claro que não aconteceu isso.

Fiquei com dó da Corrine quando ela percebe o destino do seu filho.  Ela realmente não sabia que todos os meninos iam para o projeto Hunter e é uma vida dura.  Realmente mostra todo o amor que ela sente pelo Nathan e também o amor que ela guarda no seu coração.  Quando ele finalmente aceita a ajuda do casal no final do livro foi muito emocionante e isso também conferiu a história um senso de final.  Durante toda a série as histórias não tem muito um final.  Por exemplo, o Lucan ainda tem que liderar a Order e controlar a Bloodlust, o Dante teve o nenem com a Tess, o Tegan e a Elise ainda tem que lidar com o Chase, o Rio, com os problemas do passado, o Niko e a Renata tem a Mira, o Kade e a Alex ainda vão para o Alaska por causa da família dele, a Jenna, nem preciso dizer do tamanho do ponto de interrogação que a cerca.  São coisas que eu, como leitora, fico pensando conforme leio os próximos livros, pensando no que aconteceu, o que vai acontecer, mesmo sabendo que isso provavelmente não será mostrado, mas neste caso eles conseguiram arquivos do Dragos, material genético E achar o Nathan!  É como se a jornada da Corinne tivesse atingido o seu objetivo e agora nós podemos respirar.

Ficou meio repetitivo eles iniciarem o ritual de mating por causa dela precisar de algo do Hunter.  Isso já aconteceu com a Elise e o Tegan e de novo aqui.  Eu gostaria que não tivesse essa parte no livro, para que eles fizessem isso de livre e espontânea vontade.  Não precisava desse “sacrifício” da Corinne para nós entendermos a devoção dela ao filho.

O Dragos realmente me deixou com muito ódio quando ele descobriu o local do compound e mandou os terroristas lá para descobrirem a Order!  Como ele pode destruir o lar?!?!?! E o que mais me tirou o sono foi: “será que eles conseguiram fazer a mudança de todos os pertences pessoais?  E o bordado do Lucan?”  E a Savannah pode me ajudar nisso porque ela sabe a importância dos objetos!

O que me lembra!  Quero MUITO saber o que aconteceu com a Savannah e o Gideon que a irmã dela falou tanto!  Ainda bem que terá um conto.  Como eu disse antes, esse livro é muito sobre família.  A família da Savannah, que ela provavelmente nunca pode ver (com o fato dela não envelhecer e tudo mais), a família da Corinne, que se tornou o Hunter e o Nathan, e a família que é a Order.  Eles realmente são irmãos e no Deeper Than Midnight isso fica mais do que provado e com certeza é um tópico que voltará em cena no livro do Chase, o Darker After Midnight.

Resumindo, o livro é uma boa ode aos primeiros livros da série, que focavam bastante na vida fora do compound e os brothers caçando os rogues, mas ao mesmo tempo mostra a evolução dessa irmandade e como as Breedmates tornaram a vida desses vampiros muito mais rica e até mais egoísta.  Elas fazem os Breed males pensarem mais neles mesmos e não só nas raças que eles protegem.

O livro é um complemento perfeito para o último da série e com certeza uma ótima preparação para o próximo.

One Comment leave one →
  1. Erica permalink
    09/14/2011 3:04 PM

    Todo mundo ta falando desse livro , e eu ainda comendo mosca, ai , eu quero ler, mas vai saber quando iram lançar aqui , agora que ta no 2° vol. da série, afff” morro de velhice e não leio kkkkkk.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: