Skip to content

Fang Activity – Metrô

06/09/2011

Agora nós teremos uma série de Fang Activitys especial de New York!!!  Enquanto eu andava pela grande maça, várias vezes eu esperava que um vampiro pulasse na minha frente e mordesse meu pescoço.  Ou pelo menos eu lembrava dos nossos personagens preferidos.

Cena: Eu esperando o trem do metrô em New York olhando para o buraco para ver se o trem tava vindo.

Pessoa normal pensa: Aff, cadê esse trem?

Pessoa com um “leve” vício pensa: Será que vai sair uma minhoca gigante vampírica daí?

O que uma pessoa normal faz: Continua esperando, afinal de contas, não tem o que fazer.  Talvez dê uma reclamada.

O que uma pessoa com um “leve” vício faz: Tira uma foto porque lembrou de Peeps (Os Vampiros em Nova York) do Scott Westerfeld.

Eu não lembro exatamente, mas no primeiro livro os túneis do metrô escondiam monstros que ameaçavam a existência dos vampiros.  Eu os imagino como grandes minhocas que cavocavam o chão!  A estação é suja o suficiente pra justificar

Toda vez que eu estava esperando um trem eu ficava olhando para os buracos esperam que uma minhocona sair de lá e atacar todo mundo na estação!  Mostra o quanto que a nossa imaginação vai longe né?

Ainda mais quando gostamos tanto de seres fantásticos!  As coisas mais comuns se tornam surpreendentes e eu sempre me pego imaginando o que aconteceria se algo dos livros acontecesse na vida real, como minhocas cavando os túneis dos metrô.  Com certeza seria muito fácil, usar túneis pré-existentes para construir as linhas de metrô!

Eu sempre me divirto com coisas que ninguém imagina, como por exemplo, esperar um trem!  Um ato simples, mas como eu tendo a sonhar acordada, eu já imagino um vampiro correndo pela estação perseguindo um humano que sabe demais e agora ele tem que sugar até o ponto de morte.  Quando o vampiro surpreende a presa, naquele clássico modo de aparecer na frente da pessoa quando ela está olhando para trás, é claro, ele já parte para o abraço que levará ao beijo mortal.  De repente aparece um vampiro do “bem” para salvar o humano e sem fazer uma cena, afinal de contas a estação está cheia de inocentes, confronta o vampirão, que obviamente morde a vítima para no mínimo ter o sabor de seu sangue memorizado e depois localizá-la.  Mas o vampiro do “bem” é esperto, e antes que o vampirão mata a presa, que foi boba o suficiente para achar que conseguiria fugir dessa espécie de exímios caçadores, ele consegue resgatá-la.  Assim que o humano olha para o vampiro do “bem” com aquela expressão entre terror e adoração um barulho amedrontador soa no lugar que o trem deveria estar.  A minhocona pré-histórica do mal surge do túnel causando pânico geral nos passageiros esperando para ir para casa, e uma certa apreensão nos dois vampiros.  Eles se acham acima dos poderes de uma minhoca que abasteceria o estoque de uma certa lanchonete por muito tempo, mas eles não contavam que ela fosse uma minhocona pré-histórica do mal!  Ela se alimenta de vampiros!  E não demora muito ela dá uma bela mordida no vampiro do “bem” que ficou para lutar contra a aberração enquanto o vampirão fugia para formular um plano.  O vampirão é muito mais estrategista, é lógico.  Enquanto o vampiro do “bem” luta para não acabar o seu para sempre no que ele presume e espera que seja a boca da minhocona o vampirão chega com reforços e consegue afugentar a grande cavadora!  Porém o vampiro do “bem” está ferido, e mal consegue se movimentar.  É quando aquele que ele estava tentando salvar, em uma demonstração suprema da estupidez humana, se aproxima para tentar ajudar.  E de fato ajuda, quando o vampiro do “bem” enfia suas fangs no vaso sanguíneo mais próximo que ele encontra, que acontece de ser a aorta na perna, já que nesse ponto a pessoa colocou a cabeça do vampiro no colo, e mata o que nada passou de uma presa fácil.

Eu sou capaz de imaginar tudo isso em um espaço de cinco minutos que é a maior parte das diferenças entre os trens em New York.

Doente?  Talvez.  Maníaca? Provavelmente.  Obcecada? Sim.  Louca? Definitivamente.  Amante de vampiros? Com certeza absoluta!

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 06/09/2011 11:51 PM

    hahaha se eu te disser que faço a mesma coisa, vc acredita? É que agora dei uma parada nas leituras, mas na época em que eu lia um livro atrás do outro enlouquecidamente, eu ia pros lugares e ficava imaginando as cenas acontecendo ao meu redor. Já me imaginei até sendo uma das principais dos livros, participando de tudo. Então se vc é louca, eu também sou!

  2. Sucker For Vampires permalink*
    06/10/2011 12:02 AM

    Ahh Roza! Que feliz saber que eu não estou sozinha nesse mundo!!!! Eu sempre faço isso! SEMPRE!!!!!! ALL THE FUCKING TIME!!!!!! Chega a ser até meio irritante, porque eu raramente posso expor essas coisas para as pessoas do meu convívio né? Preciso andar com mais loucos então!

  3. fabi permalink
    06/13/2011 6:57 PM

    eu sou mto louco então pq as vezes eu me pego pensando em cada coisa q me da ate medo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: