Skip to content

Review de Awakened – HoN

05/17/2011

E, finalmente, a nossa Review de Awakened!

.

Para aqueles que ainda não leram o livro e não curtem Spoilers, segue a sinopse postada por PC Cast e Kristin Cast no site oficial (tradução livre):

Exonerada pelo Vampyre High Council e retornando para sua posição de High Priestess em Tulsa, Neferet jurou vingança contra Zoey. O poder que possui sobre Kalona, é apenas uma das armas que ela possui para usar contra Z. Mas Zoey encontrou seu santuário na Ilha de Skye e está sendo treinada pela Rainha Sgiach. Ser rainha seria legal, não seria? Por que ela voltaria para Tulsa? Depois de perder seu consort, Heath, ela nunca mais será a mesma – e seu relacionamento com seu super-hot-guerreiro, Stark, pode nunca mais ser o mesmo também..

E Stevie Rae e Rephaim? O Raven Mocker nega-se a ser utilizado contra SR, mas que escolha ele tem, quando ninguém no mundo todo, incluindo  Zoey, será a favor de seu relacionamento? Ele trairá seu pai ou seu coração?

Fonte aqui.

Agora para aqueles já leram o livro ou que não o leram, mas adoram um Spoilerzinho segue a review de Awakened, da série House of Night, feita em conjunto pela O+ e Little. Nós não tivemos problemas em montar esse review porque praticamente tivemos as mesmas impressões. Porém citamos comentários literais de cada uma ao longo do texto tanto para destacar as poucas diferenças de opinião que expressamos quanto para tornar a review mais rica e original.


Para começar, precisamos dizer que nos últimos livros a PC e a Kristin Cast não estão sabendo como começar a história. O começo de Awakened, assim como em Burned,  foi meio xoxo. Poxa como elas começam escrevendo a história sob o ponto de vista da Neferet? Não curtimos muito não, isso é algo que precisam melhorar, pois muita gente deixa de ler o livro porque se desempolga.

Quando a Zoey aparece na história e a gente pensa que vai melhorar, que nada! Nervosismo e tédio marcam o tempo que a Zoey permaneceu no castelo de Sgiach, naquela realidade maluca onde tudo é perfeitamente redondo. Aliás, chegamos a pensar que a Sgiach fosse do mal, porque parecia querer prender a Zoey lá para sempre! Até a visão do Bull ela teve! E por um momento achamos que quando a Zoey disse que ia embora, a Sgiach não iria permitir! De fato parece haver algo bem estranho com a Sgiach. Dá até para pensar que ela é um tipo de alterego da Neferet. Será neurose nossa ou temos um pouco de Darkness dentro de nós? hehehe

 Adoramos a Zoey, mas esse negócio de ficar na ilha para fugir do Real World não cola! Entendemos perfeitamente que ela estava muito triste com tudo o que aconteceu no Otherworld e com o Heath e, claro, quem ia querer voltar para Tulsa (que estava um pandemônio total), sendo que ela estava no paraíso do lado de seu guardião TUDO DE BOM! ? Mas poxa, se ela é a “heroína” da história, tem que se comportar como tal! Porém nem tudo foi perdido enquanto a Zoey estava fora da área de cobertura. O Stark que o diga, hehehehe.  Sobre isso…

O+: “Eu preciso falar: adorei a primeira vez da Zoey e do Stark! Foi tão fofo!!! Ahhhh eu também quero um Guardião tão maravilhoso quanto ele! Pronto falei! Eu precisava estravazar.. .vou tentar me comportar agora rs. O mais importante é que depois disso a história deslancha e aí sim começa a ficar bom!”

Little: “No entanto, eu senti certa diferença na relação da Zoey com o Stark. Parece que agora ele a ama meio porque “precisa” amar, porque é obrigação dele estar ao lado dela custe o que custar. Eles certamente estão em outro nível de relacionamento, ou pelo menos tentando, mas algo mudou. Talvez esse seja o problema. Eles são dois jovens tentando ter uma relação madura que, aos meus olhos, não combina com nenhum dos dois”

E já que estávamos falando sobre os amores da Zoey, é pertinente comentar sobre o retorno de Heath (um bom nome de filme, não acham?).

O+:  “Como já havia falado antes eu sou Team Heath!! Adoro o Stark, mas o Heath é demais!! Poxa, Nyx lhe deu 3 opções e ele escolheu a que podemos dizer que é a mais difícil, mas ele o fez porque é único e ama de verdade a Zoey. Quer mais um motivo para ser tão querido por nós? O bom é que o Stark já deixou claro para a Zoey que ele não vai mais ter ciúmes se ela arrumar um Consort, um mate ou whatever!! Então quando o Heath conseguir reverter essa situação, o caminho está livre!”

Little: Quando o Heath apareceu no fim do livro eu fui tomada por um sentimento que não sei descrever. Ele ama a Zoey incondicionalmente, tanto que aceitou voltar no corpo de uma marionete da Neferet (eca) pra tentar evitar que sua amada seja vítima de um mal maior, mesmo sabendo que teoricamente a Zoey não vai saber que ele é ele (balela né? Óbvio que a Zoey vai ver isso em algum momento) e que por isso muita merda pode acontecer, inclusive o próprio Heath, agora chamado Aurox, tentar matar a Zoey. Ainda assim, e aqui falo somente por mim, o Heath me causou uma reação que o Stark durante todo o livro não causou. Será por que o Kalona está interferindo? Difícil dizer…

Independente disso, uma coisa é fato! Na nossa opiniçao, este livro, assim como em Burned, foi mais Stevie Rae do que Zoey. Stevie Rae está se mostrando cada vez mais forte e decidida. Ela tem todo aquele jeito de menina country, boazinha e tudo mais, mas quando o negócio aperta, ela chega e resolve a situação! Adoraaaaamos ela!

Além da vampirinha de Oklahoma, outro personagem se destacou em Awakened, Rephaim.

O+: “O Rephaim se superou total, ele e a Stevie Rae têm uma ligação muito forte e ele mostrou a todos o que realmente é. Não é a toa que NYX guarda um futuro muito legal para ele, adorei o que aconteceu! Acho que ele realmente merecia aquilo, apesar te ter matado a Mate do Professor Dragon ele realmente se arrependeu e mostrou isso a todos. Ele teve  que escolher entre Light and Darkness, eu não tinha dúvida de qual seria sua escolha! Vocês tinham?”

Little: “Na minha opinião, o Rephaim levou o troféu do Oscar! O homem-pássaro matou a pau desde que apareceu na história, vamos combinar. Aliás, o novo casalzinho foi o que realmente salvou o livro! Eu cheguei a chorar quando ele se declarou pra Stevie Rae e quando ela anunciou que se fosse necessário lutar contra todos da escola por causa dele, ela lutaria. E quando ela comparou o que estava fazendo com Rephaim com o que a Zoey fez com ela quando nem sabia o que ela era de fato, meu coração ficou apertado. A cumplicidade dos dois e a intensidade da ligação deles é tocante e encantadora”.

O+: “Concordo plenamente Little! No início da série eu não via a hora de ler as cenas da Zoey com o Heath, com o Erik, com o Loren e o Stark, mas ultimamente o que me anima e me faz suspirar é a história da Stevie Rae com o Rephaim! Ai, tudo que é proibido é mais emocionante, né gente!!?”

Em contra partida, se o Oscar foi para o casal Stevie Rae e Rephaim, o prêmio framboesa vai para Neferet e Kalona. Sério, o lance de submissão do Kalona é muito mala! Como assim um cara como ele, phodão com PH, ia acreditar que estava totalmente a mercê daquela coisa ruiva de segunda?  E as cenas da Neferet? Céus, que parto!! Tudo o que ocorre na história de ruim é ela quem provoca, a gente até acaba esquecendo do Kalona, ela é falsa, chata, sadomasoquista, enfim… tudo de ruim!

Little: “Preciso dizer que se a Zoey realmente não fizer algo definitivo em relação a ela eu não sei o que será de mim, pois ô personagem que me cansa. Neferet não é aquele tipo de inimigo que te surpreende, afinal tudo que acontece de ruim é culpa dela, logo só nos resta saber se ela vai aprontar mais ou se vão conseguir pará-la. Essa coisa de cão e gato já deu o que tinha que dar, sinceramente. ”

Neferet pode esperar que o que é seu está guardado!!

Outra coisa que chamou a atenção foi o relacionamento do Jack e do Damien. Apesar de o relacionamento estar claro já em Burned, em Awakened  as autoras deixam essa ligação explícita, contra qualquer preconceito. Como no início do livro na dedicatória, elas escreveram:

 “Gender preference does not define you. Your spirit defines you. It gets better. We heart you. No matter what “they” say, life is really about love, always love.”

Tradução livre:

“Preferências sexuais não definem você. Seu espírito te define. Ele melhora. Nós apoiamos você. Não importa o que “eles” dizem, vida é amor, sempre amor.”

E realmente o amor é que nos define, ele é o mais importante, sempre! Não importa se somos homens ou mulheres, o que importa é o que tem em nossos corações. Um comentário pertinente das autoras, considerando as mortes que tivemos.

Little: “Tivemos perdas importantes como a do Jack e a da mãe da Zoey. Quanto a primeira eu só tenho uma coisa a dizer: Como que o Jack morre fácil assim? Eu simplesmente fiquei de boca aberta com a facilidade que a coisa toda ocorreu! O nosso garoto purpurina não merecia morrer!! Matasse uma das gêmeas, então, hunft! Mais um motivo pra eu odiar a Neferet! Quanto à segunda morte eu não esbocei reação nenhuma. Para a Zoey perder a mãe pode ter sido muito difícil, mas como nós, leitores, podemos sentir a perda de um personagem que se fez ausente na maior parte da história e que não apresenta nenhum atributo que nos faça ter uma ligação mais especial com ele?”

Uma personagem que também pudemos considerar como perdida neste livro, mas no sentido de ela não ter aparecido tanto, foi Afrodite.

O+: “Senti falta da Afrodite, ela quase não apareceu, mas também quando aparecia animava com aquele jeito que só ela tem. Ela traz um humor negro para a história, muito bom!”

No entanto as autoras capricharam nas citações,

O+: “Adorei quando escreveram sobre True Blood!!! E quando falam sobre o Alcides? Haha amei! Também citaramTolkien, Star Wars, Harry Potter, Kresley Cole, Gena Showalter, Jennifer Crusie..  bom se eu já gostava delas antes, acabaram de me conquistar!”

Enfim, depois de discutirmos tantos tópicos, chegamos a conclusão de que o título Awakened  é magicamente simbólico e pode ser interpretado das mais diversas formas, mas preferimos acreditar que o título foi em homenagem ao processo de “despertar” de Rephaim ao escolher a luz ao invés da escuridão. A cena em que NYX conversa com Rephaim além de ter sido ótima e muito emocionante mostra bem isso:

“Because you have awakened the humanity within you, I will, each night from setting sun to rising sun, gift you with this: the true form you deserve.”

Tradução livre:

“Porque você despertou a humanidade dentro de você, eu irei, cada noite do cair do sol até seu despertar, presenteá-lo com isso: A verdadeira forma que você merece.”

O+: “Awakened realmente é sobre despertar, não somente o depertar do Rephaim mas também do Stark, da Stevie Rae e da Zoey, muitas coisas acontecem e ainda vão acontecer, não vejo a hora de ler o próximo livro!”

Little: “Também podemos relacionar o título com a volta de Heath na forma de Vessel ou a Stevie Rae assumindo de vez que é uma High Priestess dos Red Fledglings.”

.

O que esperar do próximo livro?

Para o próximo livro veremos a ligação entre Kalona e Stark mais tensa, com essa história de que o Kalona pode não somente entrar em seus sonhos, mas tomar conta de seu corpo, ações e palavras. Fato que ele vai se aproveitar dessa situação e machucar o pessoal de House of Night!

Zoey, Stevie Rae e seus amigos terão que recomeçar do zero, já que estão fundando uma nova House of Night nos porões.

Também veremos o White Bull de volta (infelizmente), e ele fará um pacto de arrepiar, que com certeza trará muita dor e infelicidade para Zoey e seus amigos no próximo episódio da Série.

Vamos ver o que vai rolar em Destined, pois promete!!

Em resumo, o livro deixou a desejar em muitas partes, mas ainda assim é possível dizer que valeu a pena lê-lo. É bom ver a Stevie Rae e o Rephaim ganhando destaque e dando uma renovada no quadro geral da história, mas é com medo que esperamos o próximo livro. Medo do que acontecerá com alguns personagens e medo de como reagiremos a esses acontecimentos. Que venha Destined, cujo destino nós esperamos que seja superar a qualidade de Awakened, o que não achamos que seja difícil, mas necessário.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Beatriz permalink
    05/17/2011 6:55 PM

    Ótima review! =)
    Eu não gostei muito de Awakened, mas acho que Destined vai ser MUITO melhor… E sei lá, mas to com a impressão de que, c0mo a Aphrodite não apareceu muito em Awakened, vai ser importante em Destined.
    Pacto com o White Bull?? O.O Ixe, isso não vai prestar!
    Bjoos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: